Foi um fim-de-semana quente, dentro e fora da pista com a Rampa Cidade da Covilhã – Serra da Estrela a ser decidida somente após a meta ser cruzada pela última vez. Discussão q.b. quer à geral, quer nas categorias e o “piloto da casa”, João Fonseca, foi quem levou os louros, na terceira jornada do Campeonato Nacional de Montanha (CNM), organizada pelo Clube Aventura do Minho.

Classificação final em: www.rampaserradaestrela.com/rampa-2015/classificacoes-2015.html


3ª subida de prova

João Fonseca (Norma M20FC) venceu a Rampa Cidade da Covilhã – Serra da Estrela, depois de retirar mais dois segundos ao tempo da subida anterior, rodando em 2m 47,297s e dessa forma vencendo em casa e conseguindo a segunda vitória consecutiva no Campeonato Nacional de Montanha (CNM).

Rui Ramalho (Juno SSE) não conseguiu melhorar o tempo e cedeu 3,1s contas feitas é o segundo classificado, à frente de Paulo Ramalho (Juno CN09) e assim fica fechado o pódium da classificação geral e da Categoria 1.

Tiago Reis conseguiu resolver o problema de transmissão do Ford Fiesta e alinhou na última subida. Fez o tempo 2m 54,740s, que o coloca na quarta posição de geral e pulveriza a concorrência na Categoria 3.

Joaquim Rino (BRC 5 EVO) empenhou-se na derradeira subida e “deu” 3,5 segundos a Nuno Guimarães (BRC CM2). Levou a melhor entre os CM, os protótipos de montanha com “motor de moto”.

Na Categoria 3 as coisas estão ao rubro. Cada centésima de segundo pode fazer a diferença, no que ao segundo posto diz respeito. Contas feitas aos melhores tempos e Luís Nunes (Seat Leon) ganha por uma diferença de 0,315s, levando a melhor sobre José Correia (Seat Leon). Luís Silva esteve também nesta guerra, foi o quarto da Categoria 3.

Na Categoria 2 Edgar Reis (Porsche 997 GT3) cumpriu a terceira subida, já com um pé no pódium e no final confirmou que ganhou, quer a categoria quer os GT´s. De salientar é o desempenho de Joaquim Teixeira (Porsche 997 GT4), que evoluiu positivamente ao longo do fim-de-semana e se é certo que não chegou para ganhar a Reis, é certo também que dessa forma conseguiu aliviar alguma da pressão que Manuel Correia (Skoda Fabia S2000), lhe estava a colocar.

Sem sair do tema da Categoria 2, falando do Grupo A, em que Manuel Correia ganhou,à frente de Mário Teixeira, que alinhou com o Ford Fiesta S 1600, que normalmente utiliza no Ralicross.

José Pedro Gomes (Ford Escort MKII) optou por não alinhar na última subida de prova, pois os tempos até aí realizados já eram suficientes para assegurarem a vitória. Flávio Saínhas (Ford Escort MKI) ficou assim com o caminho aberto para realizar o melhor tempo da subida e ser o segundo da classificação final.

José Pedro Figueiredo (Datsun 1200) é definitivamente o vencedor da Taça Nacional de Clássicos 1300 e faz a segunda marca da subida, à frente de Carlos Santos (VW 1303S).

Classificações:
1º João Fonseca (Norma M20FC) (1º Cat.1) 2m 47.297s; 2º Rui Ramalho (Juno SSE) +3.103s; 3º Paulo Ramalho (Juno CN 09) +6.261s; 4º Tiago Reis (Ford Fiesta) (1º Cat.3) +7.443s; 5º Joaquim Rino (BRC 5 EVO) +8.905s; 6º Nuno Guimarães (BRC CM 2) +12.429s; 7º Luis Nunes (Seat Leon) +17.855s; 8º Luis Silva (BMW E30) +17.928s; 98,34 9 323 José Correia José Correia (Seat Leon MK3) +18.205s; 10º Edgar Reis (Porsche 997 GT 3) (1º Cat.2) +18.294s.

Classificaram-se mais 16 concorrentes


2ª Subida de Prova

Tempos a baixarem, Tiago Reis não sobe, por problemas mecânicos e tudo a ficar em aberto para a derradeira subida de prova.

João Fonseca (Norma M20FC) voltou a ser o mais rápido com 2m 49,006s, mas Rui Ramalho (Juno SSE) aproximou-se perigosamente e terminou 0,968s. Ora como o piloto da Covilhã teve um mau tempo na subida de prova de ontem, fica tudo adiado para daqui a pouco, quando se cumprir a última subida de prova.

Paulo Ramalho (Juno CN09) resolveu o problema de caixa e terá preferido não forçar o andamento, rodou no segundo 52, com mais 3,5s que Fonseca, é terceiro na geral e na Categoria 1.

Nos CM´s estamos numa espécie de “ora agora ganho eu, ora agora ganhas tu” com Joaquim Rino (BRC 5 EVO) a assinar um tempo 1,4s mais rápido que Nuno Guimarães (BRC CM2). Encerram os cinco primeiros do top.

Edgar Reis (Porsche 997 GT3) mantém-se na frente da Categoria 2. Se é certo que tem dominado é também certo que embora tenha conseguido dar um passo da direcção da vitória, não pode ainda comemorar. Joaquim Teixeira (Porsche 997 GT4) roda em mais 4,458s, fica difícil bater o outro Porsche e ainda tem que olhar para trás, pois Manuel Correia (Skoda Fabia S2000) está apenas a 0,2s e a incógnita quanto ao pódium da Categoria 3 vai-se manter até ao fim.

Na Categoria 3 assistimos a uma luta sem quartel pelo primeiro posto e há uma verdadeira guerra de Seat´s Leon, que nesta subida foi ganha por José Correia, pela magérrima margem de 35 milésimas de segundo(!), sobre Luís Nunes. Luís Silva (BMW E30) continua a rondar, anda lá por perto, a pouco mais de 1,5s.

A luta pela Categoria 3, aumentou de intensidade, principalmente a partir do momento em que a transmissão do Ford Fiesta traiu Tiago Reis e o colocou de fora da corrida; a incógnita nesta altura passa pela possibilidade de o problema ser, ou não resolvido, para a última e decisiva subida de prova.

José Pedro Gomes (Ford Escort MKII) voltou a ser o mais rápido na Categoria 4,retirou dos segundos ao tempo da subida de treinos desta manhã e tem já a vitória na categoria praticamente controlada. Flávio Saínhas (Ford Escort MKI) rodou em mais 8,9 segundos e está confortável no segundo posto. José Pedro Figueiredo (Datsun 1200) é terceiro e é já virtualmente vencedor da Taça 1300 de Clássicos.

Classificações:
1º João Fonseca (Norma M20FC) (1º Cat.1) 2m49.006s; 2º Rui Ramalho (Juno SSE) +0.968s; 3º Paulo Ramalho (Juno CN 09) +3.503s; 4º Joaquim Rino (BRC 5 EVO) +8.537s; 5º Nuno Guimarães (BRC CM 2) +9.986s; 6º José Correia (Seat Leon MK3) (1º Cat.3) +15.631s; 7º Luís Nunes (Seat Leon) +15.666s; 8º Edgar Reis (Porsche 997 GT 3) (1º Cat.2) +16.642s; Luís Silva (BMW E30) +17.348s; 10º Joaquim Teixeira (Porsche 997 GT 4) +20.100s.

Classificaram-se mais dez concorrentes


3ª Subida de Treinos – Warm-up

João Fonseca (Norma M20FC) chegou ao “warm-up” motivado para esquecer o percalço de ontem e fez a melhor marca. Foi, inclusive, o único piloto a baixar do segundo 50, tendo feito a subida em 2m49,667.

Rui Ramalho (Juno SSE) foi o segundo mais rápido a 2,677s, tendo o seu irmão, Paulo Ramalho (Juno CN09), ficado pelo caminho com problemas de caixa de velocidades. Assim, Nuno Guimarães (BRC CM2) é o terceiro melhor na Categoria 1, líder nos CM, depois de bater Joaquim RIno (BRC 5 EVO) e ficar atrás de Tiago Reis, na classificação geral.

Na Categoria 2 Edgar Reis (Porsche 997 GT3) continua a ser o mais rápido, mas desta vez a oposição vem de Joaquim Teixeira (Porsche 997 GT4). O piloto transmontano ultrapassou José Correia (Skoda Fabia S2000) e ficou a 0,9s de Reis.

Tiago Reis (Ford Fiesta) mantém-se “invicto” na Categoria 3 e o desfio do piloto de Fradelos parece ser, cada vez mais, intrometer-se nas guerras dos protótipos, coisa que tem feito (e bem) durante o fim-de-semana. Nesta subida, fez a terceira melhor marca à geral.

José Correia (Seat Leon) e Luís Nunes (Seat Leon) mantém uma luta bem interessante, 22 milésimas de segundo, algo menor do que um piscar de olhos, separam os dois Seat. Luta-se pelo segundo posto na Categoria 3.

Na Categria 4 José Pedro Gomes (Ford Escort MKII) continua a fazer os melhores tempos, tem no “warm-up” 6,412s de vantagem sobre Flávio Saínhas (Ford Escort MKI). José Pedro Figueiredo (Datsun 1200) é terceiro e mantém a melhor marca na Taça Nacional.

Classificações:
1º João Fonseca (Norma M20FC) (1º Cat.1) 2m49.667s; 2º Rui Ramalho (Juno SSE) +2.677s; 3º Tiago Reis (Ford Fiesta) (1º Cat.3) +6.234s; 4º Nuno Guimarães (BRC CM 2) +8.983s; 5º Joaquim Rino (BRC 5 EVO) +10.006s; 6º José Correia (Seat Leon MK3) +14.855s; 7º 325 Lus Nunes (Seat Leon) +14.877s; 8º Luís Silva (BMW E30) +16.585s; 9º 203 Edgar Reis (Porsche 997 GT 3) (1º Cat.3) +16.688s; 10º Joaquim Teixeira (Porsche 997 GT 4) +17.587s.


1ª Subida de Prova

Rui Ramalho (Juno SSE) realizou o melhor tempo na primeira subida de prova. Com o tempo de 2m 52,482s bateu Paulo Ramlho (Juno CN 09) por 593 milésimas.
Tiago Reis (Ford Fiesta) faz terceiro posto e intromete-se na luta dos protótipos. Mantém-se na frente da Categoria 3, a 5,494s do líder.

Nuno Guimarães (BRC CM 2), faz o quarto tempo da geral, bate Joaquim Rino (BRC 5 EVO) por quatro décimas e lava a melhor entre os protótipos com motor de moto.

Luís Silva (BMW E30) fez o sexto tempo, segundo na Categoria 3, depois de levar a melhor sobre Luís Nunes (Seat Leon), por três décimas de segundo.

Edgar Reis (Porsche 997 GT3) faz o melhor tempo da Categoria 2, leva a melhor sobre Manuel Correia (Skoda Fabia S2000). Joaquim Teixeira (Porsche 997 GT4) encerra o grupo dos dez da frente e é terceiro na Categoria 2. Sem sair da Categoria 2, Joana Barbosa (Abarth 500) é a melhor senhora.

José Pedro Gomes (Ford Escort MKII) está de pedra e cal na frente dos clássicos, Com uma vantagem confortável sobre Flávio Saínhas (Fors Escort MKI). José Figueiredo (Datsun 1200) é terceiro e o melhor na Taça 1300.

Mas houve também espaço para os azares: João Fonseca fez um pião na zona da Rosa Negra e ficou com a asa traseira presa nos rails, perdendo bastante tempo. Depois de dois melhores tempos seguidos, uma subida para esquecer, feita em 3m 38s.

Ricardo Gomes, também foi vítima da Rosa Negra. O Seat Leon ficou atravessado e entre o pião e o retomar de andamento, chegou José Correia que teve que se esforçar para evitar o colega de equipa.
Carlos Santos partiu a caixa do VW Carocha e foi necessário interromper a prova para limpeza do piso.

Classificações:
1º Rui Ramalho (Juno SSE) (1º Cat.1) 2m52.486s; 2º Paulo Ramalho (Juno CN 09) +0.593s; 3º  Tiago Reis (Ford Fiesta) (1º Cat.3) +5.494s; 4º Nuno Guimarães (BRC CM 2) +7.830s; 5º Joaquim Rino (BRC 5 EVO) +8.212s; 6º Luis Silva (BMW E30-M3) +13.994s; 7º Luis Nunes (Seat Leon) +14.214s; 8º Edgar Reis (Porsche 997 GT 3) (1º Cat.2) +14.708s; 9º Manuel Correia (Skoda Fabia S2000) +17.816s; 10º Joaquim Teixeira (Porsche 997 GT 4) +19.520s.

Classificaram-se mais: 15 concorrentes


2ª Subida de Treinos

João Fonseca (Norma M20 FC) voltou a assinar o melhor tempo no traçado da Serra da Estrela. Nesta subida, a segunda de treinos, a folga foi bastante menor. Paulo Ramalho (Juno CN 09) terminou com mais 1,986s.

Rui Ramalho (Juno SSE) já participou nesta sessão de treinos e realizou a terceira melhor marca; está 2,419s de Fonseca.

Na Categoria 2 o novo comandante é Edgar Reis (Porsche 997 GT3), que bateu Manuel Correia (Skoda Fabia S2000) por menos de meio segundo.

Tiago Reis (Ford Fiesta) mantém-se como o melhor da Categoria 3, com o quarto tempo da geral, à frente de Joaquim Rino (BRC 5 EVO) e de Nuno Guimarães (BRC CM2), que lutam pelo melhor dos CM, uma classe da Categoria 1, a dos protótipos.

Classificação:
1º João Fonseca (Norma M20FC) (1º Cat. 1) 2m 50.391s; 2º Paulo Ramalho (Juno CN 09) +1.986s; 3º Rui Ramalho (Juno SSE) +2.419s; 4º Tiago Reis (Ford Fiesta) (1º Cat. 3) +9.012s; 5º Joaquim Rino (BRC 5 EVO) +10.503s; 6º Nuno Guimarães (BRC CM 2) +11.385s; 7º Luis Nunes (Seat Leon) +15.292s; 8º Edgar Reis Edgar Reis (Porsche 997 GT 3) (1º Cat.2) (1) +18.669s; 9º Manuel Correia (Skoda Fabia S 2000) +19.072s 96,14; 10º Joaquim Teixeira (Porsche 997 GT 4) +19.674s

Classificaram-se mais 16 concorrentes.


1ª Subida de Treinos

O piloto da Covilhã, João Fonseca (Norma M20 FC), foi o mais rápido na primeira subida de treinos. O tempo de 2m52,286s deu-lhe uma vantagem de 3,875s sobre Paulo Ramalho (Juno CN 09).

Rui Ramalho (Juno SSE) foi a ausência desta primeira abordagem ao traçado da Covilhã, por motivos profissionais que o retardaram.

Tiago Reis (Ford Fiesta) obteve a terceira marca, com mais 8,032s que o mais rápido e ditou lei entre os “não protótipos”, sendo também o melhor da Categoria 3.

Na Categoria 2, Manuel Correia (Skoda Fábia S2000) ditou lei e José Pedro Gomes (Ford Escort MKII) foi o mais rápido.

Classificações:
1º João Fonseca (Norma M20FC 1)(1º Cat.1) 2m52.786s; 2º Paulo Ramalho (Juno CN 09) + 3.875s; 3º Tiago Reis (Ford Fiesta) (1º Cat.3) +8.032s; 4 ºNuno Guimarães (BRC CM) + 10.389s; 5º Joaquim Rino (BRC 5 EVO 1) 10.889s; 6º Luis Nunes (Seat Leon) +15.765s; 7º Manuel Correia (Skoda Fabia S 2000) (1º Cat.2) +18.547s; 8º Edgar Reis (Porsche 997 GT3) +18.778s; 9º Luis Silva (BMW E30-M3) +18.945s; 10º Joaquim Teixeira (Porsche 997 GT 4) +21.074s

Classificaram-se mais 16 concorrentes
 
Sexta, 20 de Outubro de 2017 . by Rui Peixeiro webdesign